Cuando

Março 10, 2008

1003-cuando

r.filgueira

la palabra cuenta

49 Respostas to “Cuando”

  1. tkm said

    I LOVE IT

  2. paula said

    está com uma imagem fantástica todo o seu blog….estou a adorar;)

  3. Cátia said

    Kiss me oh kiss me…

  4. Marta said

    O mal é que não conte sempre!

  5. r.filgueira said

    Muchas gracias,Paula
    muito treino no http://porvocacion.wordpress.com.

  6. r.filgueira said

    Cátia, desde que nao seja o “judas on kiss me”

  7. Só Maria said

    ainda sou do tempo em que a palavra conta!🙂

  8. r.filgueira said

    Oh Marta, a minha conta😉

  9. r.filgueira said

    Maria, as x é mais importante a mensagem…😉

  10. tangas said

    cuando é que é o beijo afinal? pelo look, promete…😉

  11. r.filgueira said

    ui,Tangas, cá em casa nao se começa nem se acaba o dia , sem beijo, este meu gajo é do melhor…;)

  12. aNa said

    ai, e eu adoro beijos!🙂
    ups! não era este o tema.
    perdão.

    pois, eu também acho que a palavra conta. o problema é quando os pensamos são mais rápidos e a ultrapassam!

    buenas tardes, miss filgueira!

  13. r.filgueira said

    Muy buenas guapa😉

    lá isso é verdade, mas as x andamos aos peoes – quando com uma palavra aclaravamos/esclareciamos/resolviamos quase tudo – … por ex: sim, nao, amo-te…😉

    uma beijoka

  14. G said

    É o que vale, verdadeiramente!

    Abraço!

  15. r.filgueira said

    tem razao G,
    mas as palavras sem os actos… a maior parte das x é só teoria… muito bla bla

  16. Mrs_Noris said

    A ausência de palavras tb conta?

  17. Mrs_Noris said

    Acho que vale mais os actos que as palavras, ou como diz, palavras sem os actos é só bla, bla… Sou capaz de renunciar um “amo-te” quando soa a falsa consideração. Também já aprendi que não se deve acreditar em tudo aquilo que nos dizem num momento de prazer ou de amor.😉

    São belos os lábios da foto…

  18. Só Maria said

    refere-se àquilo que as palavras podem querer dizer, para lá do seu significado no seu sentido “primário”? nesse caso, é aconselhável uma boa escolha de palavras e também faz falta conhecer um pouco do destinatário da mensagem que a palavra encerra… “por si acaso” não compreendem…😉
    mas eu sou apologista de passar das palavras aos actos!🙂

  19. tangas said

    bla bla bla também é bom, mais os beijos, claro

  20. r.filgueira said

    tb conta, mrs.N, a ausencia tb conta…
    “num momento de prazer ou de amor” curiosa frase😉

  21. r.filgueira said

    Tb, Maria, mas tb as palavras “com sentido primario” sao importantes tal como um TKM (te quiero mucho)sem necessidade de ler nas entrelinhas se tkm antes-durante ou depois😉
    ps.- uma palavra dita a diario cá por casa

  22. r.filgueira said

    uiiii, Tangas, o bla bla bla é quando a cobra começa a enrolar…lolol

  23. Cátia said

    Todo o acontecimento importante do mundo real – o belo e o horrível – tem sempre o seu prelúdio na esfera das palavras.” Václav Havel

  24. tangas said

    a enrolar para os beijos? ou a enrolar mesmo?

  25. r.filgueira said

    Ó Tangas a cobra quando enrola
    “tamos f*** e tamos”…😉

  26. Mrs_Noris said

    r.filgueira s ,
    UNO?!

  27. r.filgueira said

    Mrs. Noris, uno?¿?¿ desculpe, como diz que diz?¿

  28. Mrs_Noris said

    r. filgueira,
    A (mesma) questão do e/ou …não percebo porque sublinhou o ou🙂

  29. r.filgueira said

    desculpe, Mrs. Noris, tava mesmo lerdinha…

    “de prazer ou de amor”
    pois deveria ser
    de prazer e de amor – UNO – sem duvida

    😉

  30. tangas said

    falamos de cobras?

  31. Mrs_Noris said

    a questão é que muitas vezes entre o que deveria ser e o que realmente é, vai uma diferençazinha. Infelizmente.😉

  32. r.filgueira said

    falemos, tangas…😉

  33. r.filgueira said

    Mrs. Noris, a diferençazinha é a menina que a tem que fazer… as chamadas “opçoes” que temos todos. Felizmente.😉

  34. Mrs_Noris said

    r. filgueira,
    Por favor corrija-me se eu estiver errada. As pessoas nem sempre são o que parecem, por isso algumas opções são tomadas tardiamente.
    Costuma dizer-se que quando o amor acaba é porque nunca houve amor…o mesmo não se aplica ao prazer que é momentâneo.

  35. r.filgueira said

    Mrs.N nao é minha intençao corrigir ninguem, mas sim, trocar pontos de vista/opinioes…

    O problema é que regra geral as pessoas gostam muito de parecer …enganamos e queremos enganar nesse teatro gigantesco do “enamoramento”

    O amor quando termina nao é sinonimo de nunca ter existido.Como a propria vida quando acaba nao significa que nunca existiu.

    Muitas x a relaçao acabou para um dos membros e o outro ainda esta terrivelmente envolvido…

    Como tudo , o amor esta em constante metamorfose/evoluçao/mudança nada é estatico …o que por x nao gostamos, sao dos desfechos😉

  36. Mrs_Noris said

    Não é o caso com toda a certeza. Não há desfecho de que me arrependa, o mesmo não direi quanto a alguns começos (lol)
    Isto de ser feliz no amor muitas vezes não basta sê-lo…por vezes prevalece a preocupação de parecê-lo.😉

  37. r.filgueira said

    para alem de preocupaçao de parecer feliz ha um comodismo e conformismos tipicos do “até que a morte ou o tedio nos separe”

  38. Mrs_Noris said

    r. filgueira,
    É o que nos obrigam a jurar na igreja.🙂
    E ainda acrescentam: “O que Deus uniu o homem não separa”.😉

  39. r.filgueira said

    OH minha querida, só casa pela igreja quem quer – ninguem a obriga –

  40. Mrs_Noris said

    Acha que eu casei?😉

  41. r.filgueira said

    “É o que nos obrigam”… É o que os obrigam…
    lapsos..

  42. tangas said

    bom dia, então.

  43. r.filgueira said

    tenha um excelente dia, Tangas

  44. Cátia said

    Rosarinho, venho deixar-lhe um beijinho e os votos de um bom fim de semana.

    xii

  45. tkm said

    ULTREYA!!!!

  46. r.filgueira said

    Cátia um xii do tamanho do mundo;)

  47. r.filgueira said

    tkm, UTREYA. SUSEYA.*

    Poema latino (s. XIII),
    “La Preciosa” de Roncesvalles:

    Puerta abierta a todos
    enfermos y sanos,
    no sólo a católicos
    sino a paganos,
    judíos, herejes,
    ociosos y vagos,
    es decir, en breve,
    buenos y profanos.

    Llegará un momento en que creas que todo ha terminado. Ese será el principio

    * Arriba. Más adelante. – Dios contigo !!

  48. tangas said

    nem mais, nem menos.
    bom dia, menina r

  49. r.filgueira said

    Sabe, Tangas,nem mais…nem mais !!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: